Colégio de Dirigentes do IFRR tem participação de representantes de Roraima no Congresso Nacional

por Bruna Dionísio Castelo Branco publicado 21/05/2019 15h05, última modificação 21/05/2019 15h16
Objetivo do encontro foi apresentar dados sobre a instituição para assegurar funcionamento das unidades

Na ultima sexta-feira, 17, o Colégio de Dirigentes (Coldi) do Instituto Federal de Roraima (IFRR) esteve reunido com o representante de Roraima no Senado Mecias de Jesus. A reunião visou apresentar dados do IFRR ao parlamentar e solicitar apoio.  Na oportunidade, Mecias estava acompanhado do filho que é deputado federal, Jonathan de Jesus.

Para a reitora do IFRR, professora Sandra Mara, a ação foi uma oportunidade de sensibilizar os parlamentares sobre a importância das instituições públicas de ensino. “Nosso instituto promove educação de qualidade e é socialmente referendado, pois temos um público no interior que expressa sentimento de gratidão pela existência do IFRR. O que pedimos é apoio para uma luta de transformação coletiva pela educação”, disse.

Referindo-se ao movimento nacional de mobilização em prol da educação, o senador declarou que o momento é de luta. “A educação acendeu uma fagulha com a manifestação popular, e o governo pode até pensar que foi um ato pequeno, mas significou a volta do povo às ruas”, frisou.

Senador Mecias e Deputado Federal Jonathan de Jesus discutem possibilidades para assegurar orçamento para funcionamento do IFRR
Senador Mecias e deputado federal Jonathan de Jesus discutem possibilidades para assegurar orçamento para funcionamento do IFRR

Ele, que acredita que a pressão popular poderá reverter o contingenciamento de recursos, diz que essa é uma batalha também do Senado. O senador, que fará parte da Comissão Mista de Orçamento, espera conseguir assegurar que o orçamento de 2020 não fique comprometido. “Estarei cobrando que, no próximo orçamento, possa ser confortável”, declarou.

Para o deputado federal Jonathan de Jesus, é importante continuar a expansão dos institutos federais. “Procuraremos fazer o possível para garantir que o IFRR possa estar presente em outros municípios do estado”, disse.

IFRR em números – Dados informam que, em 2018, o IFRR ofereceu 92 cursos (técnico em tecnologia, licenciatura, bacharelado, pós-graduação lato sensu e formação inicial e continuada). Com o total de 5.800 matrículas ativas, esteve presente em todos os 15 municípios de Roraima, incluindo dezenas de comunidades indígenas. Cerca de 1.200 estudantes da modalidade Educação a Distância (EAD) foram atendidos. Promoveu a formação de 356 professores indígenas. E, entre 2017 e 2018, apresentou quatro novas tecnologias à sociedade.

 

Ascom/Reitoria
Fotos: Erick Vieira
20/5/19
« Setembro 2019 »
month-9
Se Te Qu Qu Se Sa Do
26 27 28 29 30 31 1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 1 2 3 4 5 6