Ação Saberes Indígenas na Escola

por FranciscoAG publicado 28/09/2015 09h15, última modificação 23/02/2016 14h21

Programa SABERES INDÍGENAS NA ESCOLA

O Programa SABERES INDÍGENAS NA ESCOLA em Roraima, teve seu PLANO DE TRABALHO aprovado pelo MEC, foi elaborado pela equipe de trabalho formada por Adnan Assad Youssef Filho, Elizabete Melo Nogueira, João Paulino da Silva Neto,Maristela Bortolon de Matos, Raimunda Maria Rodrigues Santos, Roseli Bernardo Silva dos Santos e Romilda Braga Pinto.

O Programa Saberes Indígenas em Roraima poderá contribuir com o mapeamento, na produção e publicação de materiais didáticos existentes, e formar professores indígenas, promover sua socialização, cumprindo seu objetivo de promover os direitos dos povos indígenas à educação escolar diferenciada e intercultural por meio do fortalecimento dos territórios etnoeducacionais, reconhecendo e valorizando a diversidade sociocultural e linguística, a autonomia e o protagonismo desses povos.

O Programa Saberes Indígenas na Escola envolverá quatro etnias - Ingarikó, Makuxi, Taurepang e Wapixana – e concentrará suas atividades nos eixos Letramento e Numeramento em Línguas Indígenas como primeira língua, contemplando temas como conhecimento tradicional, ensino de línguas em contexto bilíngue, revitalização linguística, práticas de letramento, conhecimento matemático, território, arte verbal oral, novas tecnologias e comunicação, formação em projetos com vista à utilização dos recursos autossustentáveis, considerando as especificidades de cada etnorregião para fortalecer o exercício da interculturalidade entre as comunidades indígenas e os saberes da cidade.

A ação ‘Saberes Indígenas na Escola’ do núcleo IFRR será desenvolvida em parceria com a UERR, UFRR, SEED e OPIRR, envolvendo professores e lideranças dos povos indígenas Macuxi, Wapixana, Taurepang e Ingarikó de diferentes terras indígenas e etnorregiões. A aplicabilidade do trabalho tem como meta promover a formação continuada dos professores, priorizando a produção de matérias didáticos destinados à alfabetização em língua materna.